Entrada Conferências

Intervenções na parentalidade: os programas psicoeducativos como recurso de apoio à família

Calendário de Eventos help
Flat View
Ver por ano
Vista Mensal
Ver por mês
Weekly View
Ver por semana
Daily View
Ver Hoje
Categories
Ver por categorias
Search
Procurar
Intervenções na parentalidade: os programas psicoeducativos como recurso de apoio à família
Quinta-feira, 22 Fevereiro 2018, 14:30 - 16:00
CONFERÊNCIA 
 
 
INTERVENÇÕES NA PARENTALIDADE: OS PROGRAMAS PSICOEDUCATIVOS COMO RECURSO DE APOIO À FAMÍLIA
 

22 fevereiro – 14h30 às 16h – Sala 23 (Piso 1, Campus da Penteada)
 
 
No próximo dia 22 de fevereiro, realiza-se na Universidade da Madeira (UMa), entre as 14h30 e as 16h00, a conferência “Intervenções na parentalidade: os programas psicoeducativos como recurso de apoio à família”, proferida por Ana Tomás Almeida, Professora Associada do Departamento de Psicologia da Educação e Educação Especial, no Instituto de Educação da Universidade do Minho.
 
Doutorada em Estudos da Criança e coordenadora da área de especialidade em Intervenção Psicossocial com Crianças, Jovens e Famílias do Mestrado em Estudos da Criança, Ana Tomás Almeida é também autora de diversos artigos sobre o desenvolvimento e educação nos contextos familiares e escolares, com foco na parentalidade positiva e educação parental, relações entre pares em contexto escolar, bullying e cyberbullying.
 
A conferência, a decorrer na sala 23, no piso 1 do Campus da Penteada, é organizada pelo Departamento de Psicologia da UMa e visa dar conta dos avanços feitos no campo da intervenção parental e dos desafios que se colocam para dotar os profissionais de recursos eficazes e eficientes às finalidades deste campo de intervenção.
 
Os destinatários desta iniciativa são sobretudo alunos de Psicologia e psicólogos, bem como outros alunos e profissionais interessados na temática. A entrada é livre e todos os participantes receberão um certificado de participação.
 
 
Resumo da conferência:
 
A intervenção parental compreende um conjunto muito diversificado de modalidades de apoio e respostas às necessidades das famílias. Ao centrarmo-nos no papel dos pais e no exercício da parentalidade positiva focalizamos o objeto da nossa intervenção e pretendemos que esta se constitua num recurso de desenvolvimento de competências.

Este enfoque na parentalidade, que se quer positiva e competente, exige programas mais fundamentados teórica e empiricamente e sustentados por políticas de apoio aos pais e responsáveis pelo cuidado e educação dos mais jovens.  

Nesta conferência dar-se-á conta dos avanços feitos neste campo de intervenção e dos desafios que se colocam para dotar os profissionais de recursos eficazes e eficientes às finalidades da intervenção parental.
 
Local : Sala 23, piso 1 do Campus da Penteada

Voltar