Entrada Lista de Eventos

Balada do Arpoador

Calendário de Eventos help
Flat View
Ver por ano
Vista Mensal
Ver por mês
Weekly View
Ver por semana
Daily View
Ver Hoje
Categories
Ver por categorias
Search
Procurar
Balada do Arpoador
Domingo, 07 Janeiro 2018
EXPOSIÇÃO DE ARTES VISUAIS –  PINTURA E ESCULTURA 
 
 
BALADA DO ARPOADOR
 

17 de novembro de 2017 a 7 de janeiro de 2018 – Sala de exposições temporárias e auditório do Museu da Baleia da Madeira (Caniçal)


Balada do Arpoador é a designação de uma exposição temporária de pintura e escultura, da autoria de Gonçalo Ferreira de Gouveia, que estará patente na sala de exposições temporárias do Museu da Baleia da Madeira, no Caniçal, entre 17 de novembro de 2017 e 7 de janeiro de 2018.

Integrada nas comemorações do Dia do Mar, a exposição resulta de uma colaboração entre a Universidade da Madeira, através do autor, sendo este aí docente, e o Museu da Baleia da Madeira / Câmara Municipal de Machico. Focando-se no tema da baleação nos mares da Madeira, entre os anos quarenta e oitenta do século XX, a exposição apresenta três séries de pintura distintas, designadas: ‘Gesta’, ‘Balada’ e ‘Provérbios’, complementados por uma pequena escultura. A primeira série é constituída por um conjunto de vinte telas de pequena dimensão que focam os protagonistas da gesta da Leviatã nas suas diversas etapas; A segunda série materializa-se num políptico com cinco painéis, de maiores dimensões, que aborda as figuras do arpoador e dos intervenientes no ato fundamental da caça à baleia; O terceiro núcleo propõe a ilustração de treze provérbios, interpretados à luz das múltiplas realidades abarcadas pelo fenómeno que constituiu a baleação na Madeira. 

O ato inaugural terá lugar às dezoito horas do dia 17 de novembro de 1017
……………………………………………………………………………………………

Palestra – ‘Património Insular e Criação Literária’

Antecedendo o ato de abertura da exposição será proferida uma palestra pela Profª Doutora Luísa Paolinelli, da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira, com o tema “Património Insular e Criação Literária”. A palestra, com início às dezassete horas e duração prevista de cinquenta minutos, decorrerá no auditório do Museu da Baleia e está aberta a todos os interessados.

……………………………………………………………………………………………

SOBRE GONÇALO GOUVEIA

Gonçalo Ferreira de Gouveia nasceu no Funchal em 1968. Cursou Escultura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa entre 1986 e 1990. Obteve o National Diploma in Fine Arts / Printmaking pelo Crawford College in Art and Design (Irl.) em 1991. Licenciou-se em Artes Plásticas / Escultura pelo Instituto Superior de Arte e Design, no Funchal em 1992. Docente do Ensino Superior Artístico desde 1993, no ISAD, ingressou na Universidade da Madeira em 1998, no então Departamento de Arte e Design. Doutorou-se em Ciências da Arte – área de Geometria Descritiva em 2006. Foi Vice-Reitor da UMa entre 2009 e 2013. Integra atualmente o Departamento de Informática e Design de Media Interativos da Faculdade de Ciências Exatas e Engenharias da UMa. Expõe desde 1991, destacando-se as exposições individuais de pintura integradas nos Ciclos realizados na RAM, ‘Insulana’ – em 2014 – e ‘Em Louvor d’Orfeu’ – em 2015-16, ciclos que focavam temas ligados à cultura e identidade insulares. No campo da ilustração, destacam-se o volume de poesia de imagem digital ‘Poema Circular’, e o CD-rom ‘Sensos’, em colaboração com Idalina Sardinha, em 1998 e 2004, e o volume ‘Tesouros da Ilha’, com texto de Luísa Paolinelli e coordenação científica de Cristina Trindade, em 2017.

SOBRE LUÍSA PAOLINELLI

Luísa Marinho Antunes Paolinelli é Professora Auxiliar no Centro de Competências de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira, Academia na qual é docente desde 1994. Fez o Mestrado em Literatura Portuguesa (Faculdade de Letras, UL, 1995) e o doutoramento em Literatura Comparada – Literatura Portuguesa e Literatura Brasileira (UMadeira, 2004). Leciona nas áreas da Literatura Portuguesa e Brasileira, Estudos Literários e Estudos Interculturais (programas de segundo ciclo-mestrado). Tem apresentado comunicações e publicado ensaios e artigos na área das Literaturas Comparadas, dedicando-se, igualmente, à tradução de obras científicas e de poesia, tendo iniciado em 2001, na revista italiana Kamen, a edição da obra poética de diversos autores com o respetivo tratamento crítico. Membro da ACLUS (Associação de Cultura e Literaturas Lusófonas), da ALC (Associação de Literatura Comparada) e do CLEPUL (FCT) (Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa da Universidade de Lisboa), é co-coordenadora, juntamente com a Profª. Maria José Craveiro, do Grupo de Investigação 3- Multiculturalismo e Lusofonia, e coordenadora do CLEPUL – Pólo Madeira. É responsável pela coluna semanal “Sobre livros” do semanário A Tribuna da Madeira e coordena com Carla Baptista de Freitas a rubrica do CLEPUL Rumo a Sudoeste – As Relações Portugal e Brasil no mesmo periódico. Responsável pela área da literatura no projeto "Aprender a Madeira - Dicionário Enciclopédico da Madeira" (CLEPUL, dir. José Eduardo Franco). É autora do primeiro volume da coleção “Mais Madeira - Dicionário Enciclopédico Infanto-Juvenil da Madeira” (Coord. Científ. de Cristina Trindade / Coord. Científ. da coleção de José Eduardo Franco) - “Tesouros da Ilha” - lançado em 2017.
 
 
 
Local : Museu da Baleia da Madeira - Caniçal (auditório e sala de exposições temporárias do museu)

Voltar