Entrada Lista de Eventos

Machines to generate desire e Rule-Based Pronunciation Modeling

Calendário de Eventos help
Flat View
Ver por ano
Vista Mensal
Ver por mês
Weekly View
Ver por semana
Daily View
Ver Hoje
Categories
Ver por categorias
Search
Procurar
Machines to generate desire e Rule-Based Pronunciation Modeling
segunda-feira, 14 Maio 2012, 16:00

CONFERÊNCIA


“Machines to generate desire: Avant-garde manifestos and guerrilla advertising”
-----------
“Rule-Based Pronunciation Modeling for Resource-Scarce Language Varieties”


14 maio – 16h00 – Anfiteatro 1 (Campus da Penteada)


No dia 14 de maio, Julian Hanna, da Universidade de Lisboa e Simone Ashby, do Instituto de Linguística Teórica e Computacional proferem pelas 16h00, no Anfiteatro 1, do Campus da Penteada, as conferências “Machines to generate desire: Avant-garde manifestos and guerrilla advertising” e “Rule-Based Pronunciation Modeling for Resource-Scarce Language Varieties”.


Julian Hanna é investigador e docente da Universidade de Lisboa. Até 2008, ano em que mudou-se para Portugal, lecionou literatura moderna e academic writing na Universidade da Columbia Britânica. Tem artigos publicados em várias revistas científicas da especialidade, nomeadamente no Journal of Modern Literature, Modernism/Modernity, the European Journal of English Studies, the Journal of Wyndham Lewis Studies, Cine Qua Non e em 2009 publicou o livro Key Concepts in Modernist Literature. Na sua apresentação irá analisar a relação entre a vanguarda histórica e as estratégias de marketing e publicidade de guerrilha contemporâneas.


Simone Ashby é investigadora do Instituto de Linguística Teórica e Computacional onde é responsável por dois projetos centrados nos sotaques regionais e lexicografia portuguesa. É ainda, docente na Universidade Católica Portuguesa e consultora do Centro de Investigação e Desenvolvimento da Microsoft em Portugal. Nesta conferência irá apresentar e descrever as atividades em curso do projeto LUPo (Portuguese Unisyn Lexicon).

Local : Anfiteatro 1, Campus Universitário da Penteada
A conferência é de entrada livre e dirigida aos alunos da Universidade da Madeira.

Voltar